sexta-feira, 10 de junho de 2011

Belezas do Semiárido

 


 


Encruzilhada, comunidade Serra. arquivo do CEDASB foto de Roberto.

arquivo do CEDASB

Foto arquivo do CEDASB, Lagoa da Pedra, Mirante. 

Foto arquivo do CEDASB, Eduarda Tamires.

Intercâmbio de Experiências realizado pelo CEDASB projeto Aguadas parceria com INGÁ, realizado na comunidade de Poço Comprido II.



Agricultora beneficiária dos projetos do CEDASB/ASA. Vitória da Conquista, Poço Comprido I.

Agricultor beneficiário dos Projetos do CEDASB, morador da comunidade de Poço Comprido II, Vitória da Conquista.  Representando a sociedade civil em uma grande conquista.

BAP, instalada pelo CEDASB em Anagé, comunidade Capão.


Comunidade Brejos, Anagé foto de Renato Evangelista.
Arquivo do CEDASB.
Produção de Canteiros de Hortas da Cisterna de Produção. Vereda Nova, Planalto. Foto de Getúlio.
Arquivo  do CEDASB.



Bruaca, Mala de couro cru, para levar em viagem a cavalo e Milhos.Vitória da Conqusita, Poço Comprido I. Foto de Eduarda Tamires. Aquivo do CEDASB.


Arquivo do CEDASB.
Limpeza de Aguadas. Bom Jesus da Serra. Foto Arquivo do CEDASB.


Barreiro Trincheira. Projeto Aguadas.

Semente de Coentro, canteiro de hortas cisterna de produção. Vitória da Conquista. Poço comprido I.
  
Criação de Cabras. Manoel Vitorino. Projeto Aguadas.



Manoel Vitorino

Foto para reforma e ampliação de telhado. Vitória da Conquista. Arquivo do CEDASB. Foto de Claudinei Rodrigues
Parceria que dá certo! CEDASB e Agricultores. Horta feita por beneficiário do Barreiro Trincheira em Manoel Vitorino. Foto Arquivo do CEDASB
Agricultor e seu filho. Beneficiários do Barreiro Trincheira, Projeto Aguadas/CEDASB. Manoel Vitorino.                              Arquivo do CEDASB Derisvaldo Mendes.

GRH em Pau-Brasil, Barra do Choça
Arquivo do CEDASB Geremilson Sousa.

Barreiro Trincheira, Assentamento Pátria Livre, Barra do Choça.
Arquivo CEDASB Terêncio Vieira.
Arquivo do CEDASB. Derisvaldo Mendes.


 

8 comentários:

  1. Observando as belas fotos me veio inspiração de arriscar um tímido cordel em homenagem ao meu sertão.
    O nosso semiárido é terra de grandes riquezas
    Faltavam oportunidades pra sermos berço de tanta beleza;
    A vida aqui não é fácil, isso não se pode esconder,
    Inventaram tal cisterna pra água da chuva colher,
    E assim, as tecnologias devagarzinho foram chegando,
    E amenizando as nossas dificuldades...
    Enchendo-nos de orgulho, servindo de referência
    Pro pessoal das grandes cidades.
    Parabéns ao blog por mostrar a nova face do Semiárido.
    Simony Marttins ♥

    ResponderExcluir
  2. Eita coisa linda. Fiquei emocionado vendo as fotos, fruto do nosso trabalho. Parabéns povo rico do semiárido.

    ResponderExcluir
  3. Q coisa linda!
    É o povo do semiárido retratado na sua mais verdadeira imagem...

    ResponderExcluir
  4. Derisvaldo Mendes10 de maio de 2011 13:37

    É muito bom ver imagem como essa, isso mostra que é fruto de uma grande luta, só assim veremos os sertanejos bem no sertão..... parabéns CEDASB

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonado por fotografias e quando se trata das imagens do nosso sertão não me canso de olhar.
    Parabéns pelo belo trabalho, Sugiro até (se é que já não foi feito)realizar uma exposição com essas belas imagens. É preciso levá-las aos mais diversos espaços: univesidades, centros de cultura, feira, praça...
    Precisamos mostrar para todos essa nova realizadade que vive o sertão.

    Álvaro Luiz - SAET Juazeiro

    ResponderExcluir
  6. Eita orgulho nosso!!!!

    Eduarda Tamires

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pelo comentário..
    Ótima ideia a sua!
    já expomos sim em nossos eventos aqui mesmo na sede e nas comunidades nos vários municípios que nós trabalhamos.

    Eduarda Tamires.

    ResponderExcluir
  8. Riquezas que viraram realidades, onde antes eram só sonhos de um povo ,não sofrido,mas sim esperançoso, por um presente e um futuro mais próspero...donde tudo se tornasse mais simples e não menos prazeroso!!!Faço parte desse time e mais do que ninguém torço,pra que o sertanejo nunca deixe o seu canto,porq o encanto do SERTÂO está no suor do seu povo...parabéns SEDASB,é assim que se muda uma história!!(Walans Dias,pedreiro com muito orgulho).

    ResponderExcluir

Comentários